terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

«Quelq'un m'a dit»

Publicado por 
Em geral, as pessoas precisam de saber que lugar(es) ocupam no mapa dos afectos daqueles de quem gostam. Precisamos, quase todos, de perceber em que página do catálogo estão os sentimentos que os outros nutrem por nós.

Ele tem um desejo animal por mim mas sem sexo até nem gosta muito de estar comigo? Ela quer a minha companhia de vez em quando para conversar sobre tudo e mais um par de botas? Ele quer viver comigo e partilhar cama e mesa?

Ou, de forma mais elementar, embora mais perigosa se não se tiver consciência de que as definições pessoais dos termos amorosos variam quase tanto como os traços fisionómicos:
Ele ama-me? Ela é minha namorada? Somos fuck buddies?

Algumas palavras, no entanto, têm um peso tão grande na nossa cultura que, seja qual for o significant other que no-las diz, ficamos instantaneamente com a certeza de que a coisa é profunda. Expressões como «Amo-te», ou mesmo «acho que te amo», têm este poder.

Aqui vai um vídeo que me foi enviado esta semana, num dia muito especial, por uma pessoa que adoro. Obrigado! A ambas!


On me dit que nos vies ne valent pas grand-chose, | Elles passent en un instant comme fanent les roses. | On me dit que le temps qui glisse est un salaud, | Que de nos chagrins il s'en fait des manteaux. || Pourtant quelqu'un m'a dit… | Que tu m'aimais encore, | C'est quelqu'un qui m'a dit que tu m'aimais encore. | Serait-ce possible alors ? || On me dit que le destin se moque bien de nous, | Qu'il ne nous donne rien, et qu'il nous promet tout. | Parait que le bonheur est à portée de main, | Alors on tend la main et on se retrouve fou. || Pourtant quelqu'un m'a dit… || Mais qui est-ce qui m'a dit que toujours tu m'aimais ? | Je ne me souviens plus, c'était tard dans la nuit. | J'entends encore la voix, mais je ne vois plus les traits, | "Il vous aime, c'est secret, lui dites pas que je vous l'ai dit." || Tu vois, quelqu'un m'a dit… || On me dit que nos vies ne valent pas grand-chose… || Pourtant quelqu'un m'a dit…

A canção Quelq'un m'a dit é da autoria de Carla Bruni (a sua primeira intérprete) e Leos Carax. O vídeo deste post é do espectáculo de 2006 Le village des Enfoirés, do colectivo Les Enfoirés. Cantam, da esquerda para a direita, Zazie, Marc Lavoine, Patrick Bruel e Raphaël. Na guitarra, Francis Cabrel.

3 comentários:

António Lopes disse...

É uma excelente canção! :-)
Lembro-me de ter dito a uma amiga, na época natalícia passada, que esta sim, é uma boa canção de natal :-D

Gosto muito dos Les Enfoirées.

Eugen Robick disse...

Adorei a letra a actuação, obrigado :-)

ShortOkapi disse...

Obrigado pela informação que não tinha descoberto em lado nenhum, António!
Vou já actualizar o post. :)